sábado, 2 de outubro de 2010

Carta aos Candidatos, por Gilberto Blume

Caros candidatos e candidatas,

venho por meio desta pedir, humilde, mas encarecidamente, que os senhores e as senhoras reflitam mais um pouco sobre a responsabilidade que assumiram ao colocar seus nomes a nosso serviço. Não peço, contudo, a reflexão óbvia. Essa, por certo, já foi feita, senão os senhores e as senhoras não teriam se candidatado.

Peço a reflexão verdadeira, aquela que não aconteceu antes da campanha.

Vocês, candidatos e candidatas, estão de fato cientes das promessas que lançaram ao longo da campanha? Essas promessas, saibam, farão com que milhões de cidadãos depositem a confiança em vocês. Se de fato estão cientes das próprias promessas, também devem estar cientes de que substancial parte dessas promessas os senhores e as senhoras não vão cumprir. Não tentem negar: grande parte das promessas não será cumprida, admitam.

Fosse feita antes, a reflexão verdadeira sobre suas responsabilidades teria resultado numa campanha menos espetaculosa e milagreira. Mais real, pois. Fosse essa reflexão verdadeira feita antes, talvez muitos dos senhores e das senhoras sequer teriam lançado candidatura. Talvez (juro que ainda creio nisso) muitos de vocês teriam se negado a participar desse jogo. Agora é tarde. Os senhores e as senhoras prometeram muito, e muitos de vocês serão eleitos por causa disso. Pelo visto, seus objetivos foram atingidos. Mas, e os objetivos de quem votou nos senhores e nas senhoras por causa das promessas, quando serão atingidos? E os objetivos de que não caiu no conto do vigário da promessa, como ficam?

Por fim, candidatos e candidatas, peço, também humilde mas encarecidamente, que vocês se ponham por alguns instantes em nossos lugares. Proponho esse exercício com o construtivo intuito de ajudar a fazê-los compreender a verdadeira extensão da responsabilidade que vocês assumiram conosco.

Vocês sabem quem nós somos?

Vocês sabem o que precisamos?

Vocês sabem do que não precisamos?

Sabem mesmo?

Têm certeza de que sabem?

Nós, cidadãos, sabemos muito bem quem são vocês, senhores e senhoras.

Tenham absoluta certeza disso.


Gilberto Blume 
Jornal Pioneiro - Caxias do Sul - RS.



Fonte: Jornal Pioneiro - Caxias do Sul - RS

Um comentário:

  1. A gente lê muitos posts falando do ponto de vista do eleitor. Em quem a gente vota, em quem não votamos, etc. E tb ouvimos o que cada candidato quer dizer, suas propostas, promessas e história.

    Mas o especial desse post é o recado dado aos candidatos! foi um ponto de vista original, um pedido válido, um sentimento de respeito.

    e faço minhas as indagações do texto. Será que a gente tem algum valor além de ser um mero depositador de votos?

    bom dia

    ResponderExcluir

Blog Widget by LinkWithin